reposicionamento de marca

Reposicionamento de marca: por quê?

Não há dúvidas que posicionar uma marca no mercado é um grande desafio. Este processo é composto por muitas questões e muito trabalho. Entretanto, pode ser que um dia o seu negócio necessite de um reposicionamento de marca. Certamente, depois de todo o esforço, você vai se pegar pensando “por que tenho que fazer isso?”. E nós vamos te explicar!

Você concorda que com o tempo as coisas mudam? Então, com o passar dos anos, as pessoas tem seus conceitos transformados, a moda se modifica, as ideias mudam e até mesmo os costumes e hábitos podem sofrer variações. Por isso, é preciso que o seu negócio se adapte às mudanças da sociedade e do seu público-alvo. É nessa necessidade de adaptação que mostra a hora do reposicionamento de marca.

Muitas vezes os empresários começam a perceber que é hora de mudar o posicionamento quando os resultados de seus negócios já estão apresentando perda de desempenho. Ou seja, o negócio já não está mais agradando o consumidor da mesma forma.

Você está sentindo essa necessidade? Então continue lendo esse artigo para entender como funciona o processo de reposicionamento de marca!

O que é um reposicionamento de marca?

Precisamos entender, antes de tudo, o que significa exatamente o reposicionamento de marca. Em síntese, podemos dizer que é quando mudamos a imagem que queremos transmitir para os nossos consumidores. Entretanto, é muito importante lembrar que apesar da nova adaptação, a essência do Business é a mesma.

Quando você começou a traçar os primeiros passos da sua empresa, foi necessária a definição do público-alvo, serviços e benefícios que seriam ofertados para os clientes, correto? Se reposicionar significa rever tudo isso e compreender como pensam os seus clientes e onde você quer chegar.

Quando o reposicionamento se faz necessário?

Com o passar do tempo tudo muda, inclusive o entendimento das necessidades e a percepção de valor. Dessa maneira, quando você começa a perceber que seus clientes estão mudando e isso está afetando seu relacionamento com eles, é hora de pensar em mudar também!

Quer uma ajuda para identificar alguns fatores que podem influenciar essa decisão? Presta atenção na lista de indicadores abaixo:

Internos

Alteração de segmentação de mercado;
Entrada em novos mercados;
Fusão ou aquisição;
Mudança da proposta de valor;
Mudança de estratégia

Externos

Alteração no comportamento do consumidor;
Crises;
Identificação de oportunidades;
Novas prioridades no mercado;
Mudança de demanda;
Surgimento de outros concorrentes

E por onde eu começo?

Antes de mais nada, ao pensar na mudança, deve ser realizada uma apuração sobre o seu público-alvo. Deve-se identificar quem é ele, como se comporta, do que gosta e quais são seus hábitos de consumo. Dessa forma, com o resultado desses e de outros questionamentos, você consegue montar a sua(s) persona(s). Com ela(s) em mãos, você pode passar para o próximo passo!

É hora de entender o mercado. Você tem que identificar seus concorrentes, seus pontos fortes e fracos, além das oportunidades e ameaças. Para esta etapa, uma dica tradicional e ao mesmo tempo eficaz, é a elaboração de uma matriz SWOT.

Com esses detalhes em evidência, você vai conseguir um esboço de como deseja se posicionar. Dessa forma, poderá começar a montar o seu planejamento de como chegar na execução do seu negócio! Agora, como você vai transmitir essa mudança é um ponto importante a ser levado em consideração. Isso depende muito da estratégia que será adotada. Sua comunicação deve estar muito bem alinhada, pois você pode ter certeza que não existe nada pior do que uma campanha que não impacta positivamente o público nesse momento de mudança. Há perda de dinheiro, tempo e pode haver, também, perda de credibilidade no mercado. Por este motivo, é muito importante contar com uma equipe profissional e qualificada.

Dicas para você não errar na hora de se posicionar

Análise de mercado

Entender como está o mercado é um passo crucial, tanto para quem deseja se manter nele quanto para quem visa realizar algum tipo de mudança em sua empresa. Em especial um reposicionamento. É preciso saber onde se está pisando e onde se quer chegar. Este é o momento de fazer isso para saber se vale realmente a pena entrar nessa empreitada!

Por isso, não deixe nada de fora:

– Como o seu negócio chegou até aqui?
– Quais são seus pontos fortes?
– Você conhece os seus pontos fracos?
– O que os seu concorrentes estão fazendo?
– Como está o seu mercado? Existem crises?
– Quais são os perigos externos para sua empresa?
– Que oportunidades podem surgir?
– Por que o seu posicionamento anterior (ou atual) não é mais funcional?
– Por que é preciso mudar de posicionamento?
– Como você pretende se posicionar?

Quem é o seu público?

Já que você sabe que é hora de mudar para acompanhar o ritmo do seu consumidor, uma das ações que você deve tomar é conhecê-lo melhor:

– Quem é esse consumidor?
– O que ele faz?
– Como ele consome?
– Quais são seus desejos?
– Que expectativas ele tem?
– Onde ele está?
– Do que ele gosta?
– Quais são seus anseios?
– Como ele fala?
– Que tipo de música ele houve?
– Quais são seus hobbies?
– Por onde ele circula?

Uma ótima maneira para entender o perfil do seu consumidor é fazendo uma pesquisa e montando uma persona.

Planeje – e muito!

Nenhum resultado é conquistado sem o devido esforço. Por isso o segredo de todo case bem sucedido é o planejamento e a mão na massa. Portanto, planeje muito! Parar para analisar e desenhar cada passo é muito importante. Não encare isso como perda de tempo! É um investimento que você está fazendo.

Se o seu fornecedor de confiança disse que a implementação do processo vai demorar 60 ou 90 dias não se assuste! Sua marca não chegou aonde está do dia para a noite, não é mesmo? E para ela ir para onde você deseja, é necessário muita pesquisa e trabalho. Além disso, é importante entender que alguns resultados só vêm a longo prazo. Por isso, crie metas de curto, médio e longo prazo.

Anuncie a novidade

Quando a gente termina algo que gosta muito é hora de contar para todo mundo, certo? Então, com a ajuda da sua agência de comunicação, é hora de anunciar a novidade! Não esqueça que nessa hora não é o momento de medir esforços. Então invista mesmo!

Mão na massa!

Já está decidido? Então é hora de colocar o planejamento em prática! Não esqueça que é muito importante construir uma identidade visual sólida, que reflita tudo o que você quer passar para o público! Além disso, suas boas novas devem estar alinhadas também ao que o seu público espera. Para que isso tudo dê certo, é necessário contar com uma equipe de especialistas no assunto! Lembre-se, especialmente nessa hora, que o barato pode sair muito caro!

Veja todos os posts