e-mail marketing

E-mail marketing: importante ferramenta na sua estratégia digital

O e-mail marketing é uma ferramenta poderosa, que tem bastante potencial de aproximar sua empresa de seus clientes

e-mail marketing é, atualmente, o meio mais eficaz de construir e desenvolver uma audiência engajada com seu negócio ou marca. Ele permite um contato direto e a longo prazo com seus prospects, leads e clientes. Além disso, você pode trabalhar em qualquer etapa do funil e ter resultados sem muita complexidade. Mas é claro que uma boa estratégia se faz necessária. Uma vez que você consegue o email de alguém interessado, basta trabalhar os conteúdos no tempo certo e terá resultados.

É a partir da combinação de uma estratégia de marketing de conteúdo com um funil de vendas bem desenhado e essa magnífica ferramenta vamos converter leads em suas respectivas etapas.

Que entender como? Continue a leitura:

Antes de tudo: o que é Marketing de Conteúdo?

Marketing de Conteúdo pode ser entendido como uma forma de engajar com seu público-alvo e atraí-los ainda mais por meio de conteúdos relevantes. Dessa forma, gera-se valor e uma visão positiva da sua marca. Quando este processo ocorre, cria-se a oportunidade de gerar mais negócios. A estratégia de conteúdo envolve diversos meios, como as redes sociais, blogs, vlogs ou o email marketing, por exemplo.

Os meios em que você vai atuar vão depender da sua persona. Afinal, é a partir da compreensão de seu comportamento que você vai entender como ela se comporta na web e os meios mais acessados e em que ela irá interagir com você.

Como o email marketing se encaixa em uma estratégia de conteúdo?

Depois que o visitante entrou no seu blog e fez uma assinatura, por exemplo, o email marketing se torna o seu principal meio de contato com o lead. Para mantê-lo engajado e criar um melhor relacionamento, é fundamental continuar seu fluxo de nutrição com conteúdos relevantes baseados em suas interações. Dessa forma, você fará com que o lead retorne ao blog mais vezes e veja os conteúdos sugeridos e outros mais.

Nessa hora é importante prestar atenção às call to action e trabalhar a segmentação quando necessária, seja ela por região, aspectos demográficos ou até mesmo por tipo de serviço.

Vantagens do e-mail Marketing

De acordo com a pesquisa E-mail Marketing Trends, 77,2% das empresas utilizam e-mail diariamente e 96,2% acreditam na eficácia do uso de uma estratégia de e-mail marketing.

Esses números podem ser compreendidos quando levamos em conta as várias vantagens do email marketing, como:

– velocidade;
– disponibiliza métricas de abertura, clique e de erros;
– não interrompe o usuário;
– baixo custo;
– passivo de segmentação e personalização.

O seu alcance depende do tamanho da sua base de leads e assinantes. Além disso, é importante ressaltar que comprar mailings não são um bom investimento. O índice de rejeição nesses casos é muito alto.

Criando uma base de leads engajada

Lembrando que nenhum e-mail deve ser cadastrado avulsamente e todos os emails devem ser assinados conscientemente pelos próprios usuários. Pensando nisso, lista de emails não devem ser adquiridas via outros meios já que o usuário não permitiu tal ação. Outro elemento importante é: sempre que enviar um email marketing, disponibilize a função de remoção do email da lista.

Esta ação ajuda a limpar sua base de usuários não-engajados e evita sua classificação como spam. Este tipo de classificação prejudica – e muito! – seu domínio e email. Além de se ter uma base de interessados em seu serviço ou produto, o uso de email propicia uma série de análises que podem ser consultadas em tempo real, como:

– total de enviados ou entregabilidade;
– taxa de abertura;
– CTR ou taxa  de cliques;
– números de pessoas que pediram a remoção quando é o caso;
– engajamento.

Com tudo isso, é possível calcular o ROI de toda estratégia e verificar se está atingindo o objetivo ou não, tornando uma ferramenta poderosa para o dia a dia.

Ferramenta poderosa e excelente estratégia

Após entender um pouco mais sobre o assunto, podemos entrar no assunto: automação de marketing. Muito mais do que emails automatizados, eles podem ser trabalhados de maneira bem estratégica para enviar o conteúdo certo na hora certa.  Para isso, alie a estratégia de conteúdo e alimente seus assinantes com informações úteis em todas as etapas. Dessa forma, você vai aumentar o engajamento, abertura e CTR, o que possibilita que o contato continue com novos emails sobre conteúdos relacionados com aqueles com maior interação.

Este fluxo de nutrição pode ser feito através de ferramentas de email marketing.

Bons exemplos são:

– Mailchimp;
– RD Station;
– Infusion;
– Soft;
– E-goi;
– Mautic;
– MediaPost.

Elas tornam o processo escalável e eficiente, mantendo todos os relatórios necessários para avaliar e eficácia da estratégia e avançando o lead nos estágios do funil de venda.

As ferramentas de e-mail marketing são indispensáveis para campanhas digitais e é algo que nos permite testar variações de chamadas, textos, assuntos para que possamos atingirmos os resultados. Uma dica importante: sempre abuse de segmentações, listas de contatos bem estruturadas e mensure tudo que for importante.

 

Veja todos os posts