Facebook lança portal para cidadãos interagirem com candidatos eleitos

O Facebook acaba de lançar nesta segunda-feira (08/10) o Portal do Cidadão. Ele é uma ferramenta que ajuda as pessoas a encontrar, seguir e entrar em contato com candidatos escolhidos.

Através desse portal, será possível entrar em contato com autoridades municipais, estaduais e federais. Além disso, ele vai permitir pesquisar e interagir com entidades de serviços locais, como por exemplo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) ou a Polícia Civil. Também poderá ser visto um feed somente com assuntos que seu governo está publicando no Facebook.

Para usar esse recurso basta acessar pelo menu da rede social. Escolhendo a opção “Entrar em contato” com um determinado representante ou agência, serão exibidos os meios de contato listados pela página oficial. Incluindo a possibilidade de enviar uma mensagem diretamente pelo Facebook.

O Brasil é o segundo país no mundo a ter o Portal do Cidadão no Facebook. O primeiro foi os Estados Unidos, que onde o recurso já possibilita conexões entre eleitores e autoridades eleitas desde 2016.

Para se manter informado, esta ferramenta pode ser uma boa opção para se comunicar com os candidatos e governantes. Seja para criticar uma política, ou até mesmo para dar sugestões de problemas sociais, regionais e fiscalizar o que estão fazendo.

O que o recurso faz é providenciar uma lista com essas páginas de caráter público. Além disso, elas podem ser visualizadas em um feed especial. Ou seja, totalmente restrito para consultas do que os governantes andam fazendo, projetos, visões pessoais e outros.

Facebook entra no mercado do amor

Está solteiro? O Facebook pode te ajudar, isso mesmo, o FB!

Quem está a procura de um relacionamento duradouro já pode comemorar, pois o Facebook quer ajudar os solteiros do mundo todo a encontrar uma alma gêmea. A novidade foi anunciada recentemente, durante a conferência anual F8, por Mark Zuckerberg, CEO da maior rede social do mundo.

Ao contrário do Tinder e de outros apps de paquera, a função do Facebook será focada em “construção de relacionamentos e não saídas casuais”.

A nova ferramenta estará disponível diretamente no aplicativo da rede social. Os matches serão definidos de acordo com as preferências definidas pelos próprios usuários, além de interesses e amigos em comum. Além disso, vai existir a opção de procurar potenciais parceiros dentro de grupos e eventos. De acordo com empresa, toda atividade dentro da função de encontros será privada.

Vale lembrar que, originalmente, o Facebook fez sucesso revelando a vida romântica das pessoas com o famoso “status de relacionamento”. Ainda não há previsão para o lançamento da nova ferramenta de encontros.

Dicas para não cair em fake news

A internet proporciona diversas vantagens: conseguimos pesquisar qualquer assunto a qualquer hora, estamos sempre conectados com amigos e familiares, além de ser uma grande facilitadora na hora de trabalhar e estudar. Entretanto, devido ao vasto conteúdo que é disponibilizado no meio digital, devemos tomar cuidado com algumas informações. Como é o caso das notícias falsas, conhecidas como fake news, que tem se tornado populares ultimamente.

Em época de leituras somente de manchetes nas redes sociais, as fake news estão conquistando cada vez mais espaço. Para evitar cair em uma dessas, separamos algumas dicas para te ajudar a identificar essas histórias e não acreditar em mentiras.

Confira a fonte

Primeiramente observe a fonte da notícia, ou seja, qual veículo publicou aquela informação. Quanto mais conhecido e relevante é o site, menor é a chance daquele material ser falso. Mesmo que seja um veículo grande é sempre bom olhar direitinho a página. Por exemplo: veja se está tudo escrito certo, se as imagens não foram manipuladas e se o site é o original.  Ah, e se a notícia veio do grupo de WhatsApp, antes de acreditar, procure saber sua fonte.

Não leia apenas a chamada

Não compartilhe a notícia apenas pelo título. Primordialmente, leia o texto inteiro para saber o que ele está dizendo.

Verifique a data

Sempre veja quando a notícia foi publicada. Alguns sites costumam publicar matérias antigas nas redes sociais, o que pode confundir o leitor.

Pesquise no Google

Sempre que surgir uma dúvida em torno da informação, cheque o assunto no Google. Dessa forma, caso seja uma notícia falsa, ela não será encontrada com facilidade. Quando a notícia é verdadeira ela é publicada na maioria dos principais meios de comunicação. Hoje em dia, existem sites como o e-farsas que juntam as notícias falsas.

Sites de humor

Alguns sites como o “Sensacionalista” postam “fake news”, mas o objetivo não é viralizar mentira, e sim fazer piada de alguma coisa que está acontecendo. Tome cuidado para não confundir.

Apure os fatos

Além de ficar ligado nos detalhes, você também pode garantir que o que está sendo lido é verdade através de meios comprovadamente confiáveis. Uma dica é o site “Aos Fatos” que trabalha com a IFN, uma rede internacional de checagem de fatos, parceira do Google.

Não acredite em tudo o que é compartilhado no grupo da família do WhatsApp

Nem tudo o que sua tia envia no café da manhã é verdade. Alguns golpes que acontecem no mundo são compartilhados via WhatsApp.

Não clique em links suspeitos e desconfie de promoções, notícias e recomendações médicas compartilhadas no aplicativo. Nem preciso falar nas notícias de que o Facebook vai acabar se não compartilhar com 100 contatos, não é mesmo?

Perfis comerciais no Instagram ganham recurso de compras

Com o novo mecanismo o usuário consegue marcar itens disponíveis em publicações orgânicas

Perfis comerciais no Instagram ganham recurso de compras

 

Este mês o Instagram anunciou o lançamento de uma nova ferramenta de compras em sua rede. Perfis comerciais brasileiros, de todos os portes, poderão usar esse recurso para vender seus produtos em publicações orgânicas. Além disso, a ferramenta é gratuita. 

Disponibilizada para oito países, a ferramenta teve seu teste inicial no Estados Unidos, durante o ano passado. Em média, mais de  200 milhões de contas visitam um ou mais perfis comerciais diariamente. De forma dinâmica, o sistema apresenta uma vitrine para que os usuários possam descobrir novos produtos das empresas que eles acompanham. Dessa forma, basta o visitante tocar na etiqueta e ele verá mais detalhes sobre o item. Desse modo inicia-se o processo de compra.

As empresas que desejarem ativar este recurso, terão nas postagens de seu feed o ícone de uma sacola na parte superior direita ou poderão clicar no botão de compra no perfil.  A Nama, empresa que  produz peças de decoração, e Amaro, loja online de moda feminina, já começaram a testar a novidade no país.

Para acrescentar essa vantagem em seu perfil comercial, utilize a marcação de preço em ao menos 9 publicações. Uma outra dica é variar nos seus formatos.

Veja mais conteúdos da Nexos Creative aqui.